quarta-feira, 10 de novembro de 2010

E tudo o mar levou...

No Sábado passado fomos, mais uma vez, fazer uma pesca ilhada mas o mar não quis nada conosco. Apesar de termos sido bondosos com Ele e de lhe devolvermos cerca de trinta exemplares, que não atingiam as 400grs, Ele reclamou ainda mais e levou-nos todo o esforço de uma manhã de pesca.
Acabamos por regressar a terra cheios de saúde mas de mãos a abanar.... Lá ficou uma saca de peixe, um saco de Sardinhas e...uma bota! eheheheheh


Não ficamos absolutamente nada chateados, dado que Ele já nos recompensou inúmeras vezes apesar de, às vezes, fazer das suas. Ó mar, estás desculpado! AHAHAHAHAH


Para a próxima há mais, certos de que Ele nos vai compensar. eheheheh

Abraço e saudações piscatórias

N.R. O peixe foi todo à sua vida porque, apesar de se encontrar dentro da saca, estava todo vivo dentro de uma poça.

11 comentários:

Anónimo disse...

Ora aí está uma excelente forma de encarar as contrariedades. É mesmo isso: para a próxima há mais!


Saudações piscatórias,

Mário Pinho

Pedro Nunes disse...

Alô Marafados! Se fosse comigo ate comia as pedras a dentada! Mas ta certo, uma vez k os peixinhos foram a vida deles :)
Vou passar o inverno em Sagres, se kiserem combinar umas pescas, avisem, nunca fiz pesca ilhada...
Saude

PêJotaFixe disse...

Boas, Mário!
A malta, mesmo sem peixe, encara a pesca na desportiva. eheheheh Já todos os males fossem esses... Há sempre uma próxima.

Viva, Pedro!
Comer as pedras à dentada e sem peixe, não ganhavas para a placa. AHAHAHAH
De Inverno fazemos poucas ilhadas devido às condições do mar...mas pode-se combinar uma pesca à boia, em altura. ; ))

Abrço e saudações piscatórias aos dois

Sargus disse...

Ariops...

Não faço mais comentários à cerca dessa jornada manhosa...

O Nuno tem um belo sargo na mão sem duvida para se bronzear ainda mais numa grelha cheia de carvão incandesceste, mais isso numa próxima altura que muito provavelmente nunca irá acontecer, esse sargo já deve estar no mediterrâneo junto da família a contar a aventura de dois loucos a fazerem "catch and release" forçado, ou terá sido algum acto terrorista?...

grande abraço e até breve, no mar e numa pedra ilhada perto de si...

;)

PêJotaFixe disse...

Fernando,
Afinal o problema foi não termos levado o bronzeador. AHAHAHAHAH O "catch & release" já faz parte da nossa maneira de estar na pesca, mas não é com exemplares com peso superior a 400grs... eheheheh Na próxima vez já devem estar mais gordinhos porque Ele também levou um saco de Sardinhas. eheheheh
Parece-me que Ele este fim de semana não vai deixar encavalitar-se em cima das pedras...

Abraço e saudações piscatórias

N.R. Hoje Ele estava mesmo bruto!

PêJotaFixe disse...

Amigos,
Desculpem lá mas esqueci-me de referir uma coisa muito importante. Parte do peixe destinava-se ao Jantar de Natal dos Marafados. Lá teremos que ir à sopa dos pobres... AHAHAHAHAH

Abraço e saudações piscatórias

Sargus disse...

Sopa dos Pobres e jantar de Natal marafadesco???

Bom, a malta assim combina qualquer coisa aqui para os meus lados ou a meio do caminho para ir fazer uma MORTE DE PORCO DE PESCA (morte de porco = tudo ao molho em cima de uma pedra a pescar), o resultado será para o petisco.

Não haverá hipótese se fuga de peixe, pois recomendo vivamente o colete salva vidas dos sacos de peixe - 1 Garrafa de 1/5 litro de água vazia e com tampa dentro da saca, com isso não caminha para o fundo de certeza.

;)

A malta ta uns milésimos de segundo à frente dos perigos...

;)

Cumprimentos.

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
A caldeirada que apanharmos amanhã pode ir directamente para o Jantar de Natal dos Marafados. É uma sugestão...

Abraço e saudações piscatórias

Pedro Franco disse...

Boas
Pois é à dias assim, à 15 dias aconteceu-me exactamente o mesmo mas apenas tinha 2 sargos na lata que já estavam sem vida, eu estava numa prova e o mar era quase impescavel pelo que 2 sargos quase garantiam o 1ºlugar. Foi um duro golpe mas o mar é mesmo assim imprevisível!!!! Para a próxima corre melhor.
Saudações piscatorias

barreira disse...

paulinho encontrei hoje a tua bota na praia da marinha, fui fazer spinning e lá vinha ela já cheia de caramujo e com um polvo lá dentro meio amarelado, seria do cholé......ahahahahahahaha

abração

PêJotaFixe disse...

Viva Pedro!
Isso, em competição, é que é uma verdadeira chatisse! Quanto a nós, este Sábado voltamos a dar-lhes uma ripadota. eheheheh

Jony,
Essa bota deve ter dado a volta à costa portuguesa até chegar à Marinha! AHAHAHAHAH Nem mesmo uns dias de molho lhe tiraram o cheiro... eheheheheh

Abraço e saudações piscatórias para os dois