terça-feira, 10 de setembro de 2013

Ilha Mágica I

As expectativas em torno de mais uma fishing trip eram elevadas uma vez que, dias antes e em contacto com pescadores locais, fui informado que o peixe encontrava-se em abundância. A situação inverteu-se com a chegada da Lua Nova, ficando o peixe arredio e sem vontade para comer.
Após as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Milagres, efectuei a primeira saída para o mar. O corrico embarcado foi a primeira técnica utilizada, embora os primeiros e poucos peixes tardassem em sair, eram todos de bom porte.

Bicuda

Serra

Na pesca de fundo, realizada entre as 120 e as 320 braças com recurso a carrete eléctrico, também sairam uns peixes, embora em menor quantidade do que o esperado.

Cherne e Goraz
Bagre e Goraz
Abrótea, Alfonsim e Goraz
Saúde, da boa!

7 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Tás quase pior do que eu, quando chego o peixe vai todo embora...:)
Mas mesmo assim belas pescas que fizeste nessa maravinha de Ilha...
Pena o tramboco, mas já estás a melhorar agora com umas quantas subidas de arribas, ficas logo fino!:)

Forte Abraço

Pedro Nunes disse...

Móó Paulo só apanhaste as cabeças dos grandes, ou o resto não cabia nas fotos hahahahaha...
Isso é peixe de outras marcas diferentes dos habituais :))
Abraço e força aí.

João Pinto - http://sheospinning.blogspot.com/ disse...

Andas desaparecido no skype mas já vi que é por uma boa causa... grandes peixes :)

PêJotaFixe disse...

Boas, Manel!
O pesqueiro e o peixe de ontem à noite já deu para as costelas voltarem ao lugar. eheheheh

Alô, Pedrão!
Epá...as novas tecnologias ainda não chegaram à ilha, de maneira que os moços na tão habituados a tirar fotos. ahahahah São peixes de outro campeonato ; )

Em tempo de férias tive que dar uma skypadinha para fora. eheheheh

Saúde, da boa, para todos! ; ))

Cristóvão Veríssimo disse...

eh dehhb o peixe nem cabe na foto..
Alfonsim na brase é cá uma delicia!!

Força Paulo, Abraço

Joao Santana disse...

Boas Pêjotafixe, Peixes da prefundeza, belos requeimes:):) fica a curiosidade para ver o tamanho do serra e da bicuda, saúde da boa e parabéns pelos peixes...

PêJotaFixe disse...

Cris,
O pessoal de lá não está habituado a manejar gadgets. eheheheh Estas foram as melhores fotos que consegui que me tirassem :(
Na braza prefiro Bagre.

Boas, João!
As Bicudas variaram entre os 3 e 8Kgs enquantos as Serras entre 4 e 6Kgs.

Saúdinha para os 2 ;)