terça-feira, 7 de julho de 2015

Friendship

Caros leitores e seguidores do blog,

Este relato passa essencialmente por partilhar mais um episódio de pesca mas com um gosto redobrado: a amizade!

Apesar de muito já terem falado e escrito, a "irmandade" dos marafados está unida pela  amizade apesar da distância que separa alguns dos seus intervenientes.. uns de Lisboa, outros do extremo algarvio, etc...

Quando se precipita em encontro desta natureza ( pesca ) com um pressuposto destes, tudo é melhor!

Desta feita, a agenda passou pela vinda do grande amigo Francisco Muralha ao Algarve para umas minis férias e pela folga do brother Cristóvão Veríssimo, que veio a culminar numa ilhada!

Pedra escolhida, pranchas dentro de àgua e barbatana até à ilha! Em boa hora, selecionamos a dita pedra pois o peixe colaborou de forma simpática.

 
O marafado Paulo Cabrita, estava entretido a brincar às canadas com as meninas douradas pelo que se juntou a nós mais tarde na tasca, para o manjar do célebre bitoque!
 
E pronto... a jornada seguiu no dia seguinte com a presença dos mesmos amigos, relato esse que já foi publicado pelo Paulo com o título: Grande Filme.
 
A amizade continua e irá perdurar... porque realmente e efetivamente, o que faz falta e sobressai é a malta estar junta!
 
Abraço meus amigos!
 
NC


6 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Boas Nuno,
Palavras sábias Amigo, a foto das capturas foi só para distrair... :)
Desta vez faltei ao encontro, mas para a próxima há mais!

Forte Abraço e continua a dar-lhe com Força

MR disse...

Bela teca deles, parabens Marafados :)))

Cravem-lhe gás e saúde da boa.

Ab.

Sargus disse...

Fellowship of the diplodus...

Joao Santana disse...

Boas Nuno,
Bela teca de sargaria, acertaram no dia, um dia tenho que ir ter com vocês:)
Até já conheci o Francisco aqui em Sines:):) dos marafados só falta te conhecer a ti.lol.
Força ai e muitos momentos desses para futuro, um abraço.

luis domingues disse...

Que bons sargos :)
Bravo, parabens
Um abraço

Nuno Caçorino disse...

Manelito,
Deixa lá que há mais marés que marinheiros e neste sentido oportunidades não irão certamente faltar. Abraço

Viva Miguel,
A certeza é que usufruímos da pesca a companhia da malta e se apanharmos ( como foi o caso ) dá ainda mais côr ao convívio piscatório. Abraço

Fernando,
Como bem sabes, o pessoal faz sempre o que pode para apanhar uns bons sargos. Abraço.

Olá João,
Temos que combinar uma trip até aí a Sines ou então tua até ao Sul e certamente iremos proporcionar uma jornada de pesca. Abraço.

Lus,
Obrigado pelo comentário. Tentamos sempre fazer o nosso melhor aliado à companhia dos amigos. Abraço.