segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Pesca no cabo

Caros seguidores e leitores,

Nesta altura invernosa do ano, começam a surgir os ditos marés grandes ( 3, 4 metros de vaga ) sendo propícia e além de se revestir uma opção muito válida, a pesca da altura no cabo com sardinha, muita sardinha... para engodar e iscar.

Assim, combinei com o camarada António uma pesca desta natureza dado que estavam reunidas todas as condições.

A técnica utilizada é a boía e como em qualquer outro tipo de pesca tem as suas especificidades, montagens, manhas e truques... especialmente no que toca a tamanhos e qualidade de estralhos com ou sem chumbo no anzol e onde a boia é fixa ou de correr...  A consoante mar e também a corrente ajudam-nos a perceber qual a melhor forma de calibrar corretamente este conjunto com vista à captura do peixe, seja ele qual fôr...

O resultado da pesca foi o ilustrado na foto infra: sargos, robalete e liças ( daquelas grandes para se fazer no forno ). LOL

 
 
Outro capítulo a desenvolver mais tarde, será efetivamente a pesca da altura à bóia luminosa, isto é, realizada durante a noite. Esta pesca também, contém os seus segredos e que por vezes propiciam algumas surpresas agradáveis.
 
Confesso que pessoalmente, sou adepto de pescar na altura com mares grandes mas os gostos de cada um ficam para quem os pratica.
 
Obrigado e um abraço e já agora...votos de boas festas e um feliz 2016.
 
NC
 
 


5 comentários:

Pedro Nunes disse...

Comé Nuno!
Tu tás um campeão a apanhar taganas :)
Pois eu desse peixe quero é distancia hhahahahhaha
Aproveito pa te desejar um Bom Natal e para os teus também
Abraço e força aí.

Francisco Belo disse...

Boas Nuno!!
Com as condições certas, deram com uma bela teca de peixe...
Também te desejo um Santo e Feliz Natal e um Próspero Ano Novo, para ti e para os teus.
Grande e forte abraço

Cristóvão Veríssimo disse...

Éhh Deb!!
Foram pras alturas déh!!
Uma boa mixordia de pexe fresquinho...
Abraço marafades!

Boas festas a todos!

Joao Santana disse...

Viva Nuno,
Grande caldeirada de peixe que apanharam, petisco na mesa não vai faltar depois dessa pesca:)
Eu comia era maça de liças aqui da lagoa de santo André, boas como tudo...
Boas festas e saúde para ti e família.
Grande abraço.

Manuel Oliveira disse...

Boas Nuno,
Lá foste fazer o gosto ao dedo numa das artes que mais gostas e a coisa até não correu nada mal...
Mas a boia luminosa deve dar uns troncos mais compridos... lol

Forte Abraço aperta com eles e Boas Festas