terça-feira, 16 de junho de 2009

Ilhada e…mais nada!!!

Como tem sido a pesca mais rentável, e nos dias anteriores o peixe tinha colaborado, decidimos novamente fazer uma ilhada. Desta vez levamos connosco um estreante nestas andanças: o Nuno. Quero deixar um conselho aos estreantes neste tipo de pesca: Ouçam e respeitem os conselhos e ensinamentos dos mais velhos e experientes! A calma e saber esperar, é tudo!
Se nos dias anteriores havia muita ramboia (peixe miúdo), este dia não fugiu à regra. Dos meus primeiros oito peixes, só os últimos dois é que tinham medida. Os outros foram devolvidos ao seu meio, a água. As capturas foram-se sucedendo com a vazante, até que com a maré toda escorrida paramos de pescar, dado que o peixe não tinha condições para se aguentar dentro das pedras devido ao mar de dois a dois metros e meio. Este mar foi o resultado do vento de Noroeste que no dia anterior tinha carregado.



Depois de uma pausa de cerca de duas horas, recomeçamos a pescar com mais algumas capturas. Entretanto o Nuno apanhou uma Garoupa, devido à profundidade existente no local, para além da cintura de pedra que rodeia a ilha, a qual cai para os vinte/trinta metros.

Mesmo com o aparelho alvorado fundeado que se encontra na zona, ainda consegui apanhar um Robalote. Os pais e os avós estavam presos nos anzóis do aparelho.


Continuamos a apanhar uns peixes até que os Peixe-Porco entraram em acção, novamente. Se nos dias anteriores estavam por fora das pedras, hoje decidiram entrar dentro das pedras mesmo com o mar que se fazia sentir. Engodados pelo Pilado que serve de isco aos aparelhos, não nos davam descanso. Ainda apanhamos meia dúzia cada um e decidimos que estava na hora de levantar ferro, visto não darem hipóteses aos outros peixes de atacarem a isca. Isto de estar a apanhar Peixe-Porco é o mesmo que descer de divisão!



A técnica de pesca utilizada foi o reboliço e o isco foi constituído por lapas, gambas e furta camisas. Cada um apanhou à volta de quinze a dezassete peixes. Nada mau para os dias que correm em que, cada vez mais, o peixe anda arredio.


Abraço e saudações piscatórias

6 comentários:

MR disse...

Boas, descobri agora que tinha um blog, já o adicionei aos meus links amigos.

Bons videos em acção de pesca, belo sargo.

AB

MR disse...

Á vou tb fazer referencia ao blog no site Oceano Ibérico no qual sou administrador

PêJotaFixe disse...

Amigo Miguel,
Obrigado pela referência. Vou adicionar o seu site no meu Blog e inscrever-me nele.

Abraço e saudações piscatórias

MR disse...

Já lá está,

Ab

PêJotaFixe disse...

Amigo Miguel,
Obrigado. Já me registei no site mas não consigo entrar no fórum.

Abraço e saudações piscatórias

FISGOPEIXE disse...

belos videos....parabéns..essas pedras ilhadas tem muito bom aspecto..