quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Um olho no burro e outro no cigano

Até à aquisição de uma nova máquina fotográfica, dado que a anterior se avariou nesse dia, fica aqui a última sequência de fotos, tiradas pelo meu Amigo Nuno. Estas fotos, referentes ao último dia antes do início do defeso, retratam os cuidados e perigos associados à apanha de Perceves.
Recorrendo a esta frase popular, e como o título indica, é necessário estar atento ao mar não vá ele pregar-nos uma partida. Da mesma forma que também não podemos perder de vista as pinhas de perceves. Penso que estas imagens falam por si.







As maiores pinhas com os melhores perceves, geralmente, encontram-se em pontas de pedras isoladas e de difícil acesso. Neste caso, o acesso foi feito recorrendo a uma prancha até uma pedra ilhada próxima e depois a nado até esta ponta de pedra que aparece na sequência de fotos.
Atenção! Esta actividade é extremamente perigosa. Desaconselho vivamente as pessoas que não têm muitos anos de experiência de mar a realizá-la. Mesmo com muita experiência os acidentes acontecem. Seja prudente e não arrisque!

Abraço e saudações piscatórias

5 comentários:

FISGOPEIXE disse...

vai lá vai...

PêJotaFixe disse...

Amigo Fisgo,
Se não for, empurra-se! lol lol lol

Abraço e saudações piscatórias

Sargollini disse...

Belas imagens, só mesmo que sabe o que está a fazer é que lá pode andar e mesmo assim....


Abraço
Sérgio

FISGOPEIXE disse...

hoje passei por este simpatico blog, só para para te dar os parabéns de aniversário..que contes muitos com muita saúde juntos dos teus..um agrande abraço.

PêJotaFixe disse...

Amigo Fisgo,
Muitissimo obrigado. Isto agora é como o vinho do Porto: cada vez mais apurado! lol lol lol

Abraço e saudações piscatórias