segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Horas... sempre bem passadas

Face às más previsões do tempo ( ondulação 4,5m e vento forte Sueste) eu e o António optamos por ir ao Norte à noite pescar ao robalo com bóia luminosa. Resultado nulo; para o carro dormir que ao luz fusco toca a pescar novamente (não sem antes marcar o pesqueiro que tinhamos em mente)

No pesqueiro de manhã cedo: eu e o António ( algumas fotos)



Ainda de manhã bem cedo, eis que chega o meu amigo Paulinho! (com a sua caçadeira pronta a matar peixe)


E a pesca... prossegue com muita risada mas bastante cuidado e concentração à mistura!



Eu... com o peixe a voar em direcção à minha mão!

O António a puxar um sargo!


O Paulinho a iscar!


E a tirar um sargo!



Perdão! 2 Sargos! LOL



Nos entretantos, o António começa a fazer uma investida às liças arrobaladas!



E a tirar mais um peixe em plena altura!



Perto da 12:00, infelizmente o Paulinho teve que zarpar para ir trabalhar enquanto que eu e o António, continuamos apenas mais 2:30 a pescar pois o peixe para além de ser pouco, é pequeno! Tal facto também se poderá explicar pela simples razão que o mar caíu bastante fomentando o afastamento para águas mais fundas do peixe mais grado... entre muitas outras razões! ( um dia explico)

O resultado final da minha pesca com o António:


Mais um dia bem passado pelos marafados, sempre na busca incessante das maravilhosas "chapas".

Para a próxima à mais! Abraço a todos!

17 comentários:

Anónimo disse...

Boas,

Isso sim é pesca. Grandes momentos e grandes pesqueiros.

Abraço
Sérgio Tente

PêJotaFixe disse...

Amigo Tente,
Lá grandes eles são! Em altura... Eheheh Pena que não estivesse uns 6 metros de mar como no dia anterior. A conversa era outra!

Abraço e saudações piscatórias

Sargus disse...

Boas Paulo, esse peão ai da frente é bom para uma ilhada das nossas ;)

Dá sempre para sair na baía a norte.

;)

Ainda ai está a carroçaria da camioneta?

Bom report, parabéns.

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
Infelizmente, tudo o que é bom acaba depressa. Neste caso proibiram. Deve ser para não pescarem gaivotas. Eheheh Mas grandes pescas que lá se fizeram! Já lá não está a camioneta. Eheheh O report foi do Nuno.

Abraço e saudações piscatórias

Pedro batalha disse...

Olá Paulo
Belos momentos de pesca, esse spot é sem duvida um daqueles que nos fazem relembrar belas pescas.

Abraço

FISGOPEIXE disse...

grandes malucos.. também só mesmo em altura é que devia dar para pescar, face ao mar que estava..belos peixes, um abraço

Nuno Caçorino disse...

Caro Pedro Batalha,

Boas pescas já se fizeram neste spot mas como eu disse apenas com mares maiores e brutos! Quantos ao momentos, sem dúvida das melhores sensações que se podem ter!

Abraço

Nuno Caçorino disse...

Amigo Fisgo,

O pescador aquando da selecção do pesqueiro está sempre condicionado e confinado às condições meteorológicas, vento e mar! E depois é saber pescar e fazer "figas" para que o peixe esteja lá encostado!

Abraço

Anónimo disse...

Bela reportagem. Julgava que alguns desses pesqueiros estariam incluídos na área de protecção marinha de 100 metros em torno da ilha. Ainda bem que isso não acontece.

Cptos
Mário Pinho

PêJotaFixe disse...

Amigo Mário,
Parece que é já ali mas na verdade são mais de 200mts de distância entre a falésia e a pedra ilhada. Para quem não conhece dá essa sensação.

Abraço e saudações piscatórias

Anónimo disse...

Caro PêJotaFixe,

Olhe que a distância entre a ilha e a falésia é, nalguns pontos, inferior a 100m. Pode confirmá-lo numa carta militar da zona ou no Google Earth.

Abraço,
Mário Pinho

PêJotaFixe disse...

Amigo Mário,
As cartas e o Google também contêm imprecisões. Do sitio onde nos encontráva-mos, dou-lhe um doce se conseguir por a chumbada em cima da pedra. Como já lhe tinha dito anetriormente: "parece que é já ali..."

Abraço e saudações piscatórias

Anónimo disse...

Tem razão, caro PêJotaFixe. Qualquer método de medição tem a sua margem de erro. Reconheço que nem o Google Earth nem a carta militar terão a precisão suficiente para fornecer, com rigor, distâncias com poucas dezenas de metros. Conheço relativamente bem a zona. Aliás, gosto muito de pescar na baía a Norte. Quando tive conhecimento da portaria que interdita a pesca até ao limite de 100 metros em torno da ilha, fui de imediato ao Google Earth medir a distância da ilha à baía, porque tinha a sensação de que, pelo menos a parte mais ocidental da baía, ficava incluída nessa distância. Felizmente, não é esse o caso.

Abraço e Saudações Piscatórias,
Mário Pinho

Anónimo disse...

Boas a todos
Não quis ir e as provas estao dadas...

Boas pescarias
João Barreira

PêJotaFixe disse...

Amigo João,
Podes ir à vontade que o primo diz-lhe como é que se faz. Eheheh

Abraço e saudações piscatórias

Anónimo disse...

o primo tem é mais tempo que eu,mas ainda fica o convite em pé e quando for é seirão cheio ahahaha

PêJotaFixe disse...

Amigo João,
Hoje perdeu uma boa oportunidade de encher o ceirão...

Abraço e saudações piscatórias