segunda-feira, 1 de março de 2010

Enganar uns peixes

Para matar o vício, depois de uns dias sem pescar devido a doença, lá fui hoje enganar uns peixes. Com o mar e o vento muito rijos decidi trocar a bóia por outra arte, neste caso o “Engana”, para testar uma cana kitada por mim, a “Marafados Especial Matateus”. O intuito era testar a cana num ambiente adverso e se possível com peixe grande para ver o seu comportamento.


Depois de três horas a fazer o pesqueiro, engodando amiúde e salpicando as pedras, o primeiro lançamento deu logo indicação de peixe no pesqueiro, apesar do mesmo ter sido o único a ser devolvido à água. No segundo lançamento senti uma porrada valente que partiu a seda. Ao terceiro lançamento, depois de material novo, senti um toque e ferro um Matateu. O trabalhar da cana e do carreto rapidamente o pôs em cima de água. No momento de suspender pergunta-me o sogro do Luisinho: “Não acha que o peixe é muito grande para suspender com a cana? Porque não metes o cesto?”. Respondi-lhe: “Ou vai ou racha!” E não é que veio mesmo para cima sem a cana fazer um grande cajado e sem ranger! Ainda apanhei mais três Sargos seguidos, na casa do Quilo, mas depois com o estardalhaço que o peixe faz debaixo de água começaram a ausentar os grandes e a encostar os pequenos, salvo seja... Passadas duas horas, depois do início da pesca, dei por terminada a jornada. Cana aprovada!


Para apanhar Matateus é preciso saber: fazer o pesqueiro, aplicar técnicas específicas, ter paciência e material adequado.

Abraço e saudações piscatórias

18 comentários:

Milton Morais disse...

Olá Paulo, mais uma bela teka como já nos habituaste.

Pescas de maneira diferente quando procuras os grandes exemplares?

Abraço

barreira disse...

bem mai nada marafado...

Anónimo disse...

Boas Paulo,

Que bela pesca com uns exemplares bem bons.
Por aqui as águas já andam outra vez castanhas e o trabalho não me tem dado oportunidade de ir ao mar. É assim morar a 80km dele....

Abraço

Sérgio Tente

j.m.miguda disse...

Ganda capacho, assim sim, é destes que a malta gosta belo bicho e continuação de muitos capachos desses. Um abraço Jose Miguel.

PêJotaFixe disse...

Amigos,
Obrigado a todos pelos comments.

Amigo Milton,
Para se apanhar os grandes exemplares temos que primeiro prescindir da quantidade e dos pequenos. O resto está escrito no fim do Post. A acrescentar só a experiência e ser mais Sargo (esperto) que os Sargos. Eheheh

Amigo Sérgio,
Aqui também tem sido o mesmo e hoje não fugiu à regra: água negra e castanha, muito mar e uma barrigada de vento à mistura, é a receita! Eheheh Eu, no ano transacto, fiz 31.000Km "só" à pesca. Não é quase nada! Como dizem os meus familiares e Amigos: quem corre por gosto não cansa!

Abraço e saudações piscatórias

Pedro batalha disse...

Boas Paulo
É sempre a somar forte e feio.
Com ou sem mar vocês não perdoam, belos peixes.
Abraço

António Matos disse...

Belo Sargo Paulo, espero que estejas melhor pelo menos a maresia enrije-se o corpo.
Abraço

PêJotaFixe disse...

Amigo Pedro,
Aqui em baixo pesca-se mais e tecla-se menos. Eheheh É por isso que já estou habituado a lidar com este Tempo. Como diz o Amigo Matos "a maresia enrijesse o corpo".

Amigo Matos,
De certeza que se tivesse ido à pesca, possivelmente, não ficaria doente. Eheheh O Mar é realmente a cura para quase todas as maleitas.

Abraço e saudações piscatórias

Sargollini disse...

Bons peixes Paulo

Assim até fico com saudades de ir aos Sargos :)

Abraço

PêJotaFixe disse...

Amigo Sérgio,
Cada fruta na sua época. Agora, cá baixo, a fruta da época são os Sargos. Eheheh Mais tarde outros peixes virão...

Abraço e saudações piscatórias

Catita disse...

Parabens Marafadito, sempre a somar :)
Mas tenho que fazer um reparo a uma resposta tua, dizes que ai em baixo pesca-se mais e tecla-se menos, heheeheh
Eu gostava era de ter um emprego como o teu, que é só da parte da tarde,blablabla :).

Parabens;)

PêJotaFixe disse...

Amigo Catita,
Tem bom remédio! Antes ou depois do trabalho sempre pode pescar, como eu faço. Falta é força de vontade, talvez... Eheheh

Abraço e saudações piscatórias

MORAIS disse...

FIQUEI COM O VICIO NO CORPO SÓ DE VER AS FOTOS DESSES BELOS EXEMPLARES!!!!!.PARABÉNS...

Catita disse...

Eu força de vontade tenho.
Nao tenho é vontade de fazer força :)

Como sabes isto da pesca para mim, é para ser levado na desportiva;) Abraço

Kaywox disse...

Ola Paulo.
parab já podes contar com mais uma seguidos e comentador deste blog.

está aos olhos de todos que foi uma bela pescaria, pesqueiro bem trabalhado, e os conhecimentos dos pesqueiros a darem provas, mas há uma coisa que me intriga.

afinal que raio de kit é esse que aplicas-te a cana que não chega cá a Aveiro???heheheh
encomenda-me ai uns 2 kit´s para aplicar nas minhas canas, que por cá o mar não dá tréguas.


1 grande abraço

PêJotaFixe disse...

Amigo Zé,
Obrigado pelo comment e por se ter tornado seguidor do Blog "Marafados para Pescar".
A cana foi uma vara em carbono que adquiri e depois coloquei-lhe uns pasadores distribuidos de acordo com o tipo de pesca que pratico e espécie alvo, porta carretos, protecção do couço da cana, fio antiderrapante no canhão da canha, pintura, etc.
Em relação ao mar não dar tréguas ai em cima, cá em baixo passa-se o mesmo mas eu não deixo de ir por causa disso. É preciso ter muito cuidado com o mar nesta altura e saber aquilo que estamos a fazer.

Abraço e saudações piscatórias

Sargus disse...

Boas Paulo.

Estou quase a chegar ao dia D (dia 16 terça feira) volto aos meninos que já estou com saudades.

;)

Abraço e parabéns pela jornada

PêJotaFixe disse...

Amigo Fernando,
Só uma correcção: dia "S" de Sargos em vez de dia "D". Eheheh Com a fominha que eles andam só lhes podemos dar um tareião! lol Até dia 16.

Abraço e saudações piscatórias