segunda-feira, 29 de março de 2010

Que grande castigo!

Quatro “Marafados” munidos de fatos, pranchas, mochilas e canas, ainda de noite, fizeram-se ao mar com o intuito de abrir a temporada da Pesca Ilhada. Chegado em cima da pedra montei a minha varinha de Spinning para ver se enganava algum Robalote. Afinal, eles é que me enganaram porque não apareceram. Quando olhei para o lado estava o Nuno e o João ferrados com dois peixes. Um partiu e outro desferrou-se. Era hora de mudar de arte.
Primeiros lançamentos e senti logo os tic-tics da arraia-miúda. Ferro dois Sargos seguidos que foram devolvidos à água, no mesmo local. Logo de seguida, como que a premiar a atitude, ferro um Matateu que veio direitinho para o colo do “Pai”. Eheheh


Foi sol de pouca dura. Levanta-se um vento fortíssimo de Sudoeste que puxou por uma chuva cerrada que mal se via o mar. De repente começa a passar uma vagaria que varria a pedra. Estava a tornar-se um grande castigo e um desconsolo permanecer em cima da pedra, pelo que decidimos levantar ferro. Arrumamos as coisas e, quando nos preparávamos para abandonar a pedra ilhada, assim como o tempo veio, foi-se. Decidimos ficar, e bem.

Armei a cana e ainda fui apanhar uns peixes para compor o ramalhete. Entretanto, como tinha um compromisso, tive que abandonar a pedra e os camaradas. À hora a que me vim embora, a assinalar, o António tinha dois belos Sargos e uma Dourada de quilo para cima. O João e o Nuno também tinham uma pesca jeitosa.

Abraço e saudações piscatórias

8 comentários:

Anónimo disse...

Boas Paulo,

Belos sargos. Essa de andar a nadar para as pedras não é muito do meu agrado mas pronto.

Abraço

Sérgio Tente

PêJotaFixe disse...

Amigo Sérgio,
Não foram mais porque as condições meteorológicas não permitiram. 2hrs a levar com vento forte, mar rijo e chuva forte é mesmo castigo! Eheheh Depois torna-se um hábito. Mas para a 1ª vez do ano foi dose!
Se algum dia experimentar vai ver que não vai querer outra coisa.

Abraço e saudações piscatórias

barreira disse...

Bem, foi castigo de deus nosso senhor, tanta chuva e tanto vento e ja tava todo azuado, é uma pesca engraçada mas trabalhosa e furtuosa. Venham mais ilhadas pa se apanhar uns sargos marafados.
obrigado a todos e muito peixe no ceirão

Abraço
João Barreira

João Branco disse...

Novo blog de desporto, que visa informar toda a comunidade bloguistica sobre a actualidade do desporto, emitir opiniões sobre o quotidiano do desporto, apresentar sondagens e vídeos.

www.desportoemfoco.blogspot.com

Agradeço a visita!

Kaywox disse...

Amigo Paulo

Muito me regalo a ver as vossas pescas, os meus parabens.

cá por aveiro as coisas continuam muito más...robalitos para entregar ao mar...umas fanequitas (poucas)...sargos viste-los..e é assim de mira até a barra.
melhores tempos virão

1 abraço

j.m.miguda disse...

Antes de mais parece-me a Portobello, e que tal? Quanto á pesca ilhada ainda não fui batizado. Penso que este ano vou ao batismo.Parabens pela teca porque parece-me que o defeso fez afugentar o peixe.Um abraço.

PêJotaFixe disse...

Amigo Barreira,
Para mais Ilhadas tem que arranjar equipamento adequado.

Amigo Branco,
Obrigado pela informação. Espero que continue a participar mais neste Blog.

Amigo Zé,
Obrigado pelo comment. Pelo menos ainda vai dando para sentir a cana mexer. É mesmo esse o espirito "melhores dias virão".

Amigo Zé Miguel,
"Nem tudo o que luz é ouro" e por a cana ser preta não tem que ser a Portobello. Conheço-a mas não é do meu agrado. Muito macia...
Como disse ao Amigo Barreira, vá arranjando o equipamento adequado que um dia combina-se uma Pesca Ilhada e eu faço-lhe o baptismo. O defeso não fez afugentar o peixe. Ele mora é noutros sitios. Eheheh

Abraço e saudações piscatórias

PêJotaFixe disse...

Amigo Barreira,
Para mais Ilhadas tem que arranjar equipamento adequado.

Amigo Branco,
Obrigado pela informação. Espero que continue a participar mais neste Blog.

Amigo Zé,
Obrigado pelo comment. Pelo menos ainda vai dando para sentir a cana mexer. É mesmo esse o espirito "melhores dias virão".

Amigo Zé Miguel,
"Nem tudo o que luz é ouro" e por a cana ser preta não tem que ser a Portobello. Conheço-a mas não é do meu agrado. Muito macia...
Como disse ao Amigo Barreira, vá arranjando o equipamento adequado que um dia combina-se uma Pesca Ilhada e eu faço-lhe o baptismo. O defeso não fez afugentar o peixe. Ele mora é noutros sitios. Eheheh

Abraço e saudações piscatórias